Fluxo.

large (3)

A vida costuma me pegar de surpresa… E quando eu menos espero, acabo em uma espécie de montanha-russa sem fim. Não sei mais o que eu sinto. Onde estou. Como estou. Com quem estou. O que eu penso é que é apenas um teste que foi colocado em meu caminho para que eu consequentemente enlouquecesse. Afinal, a vida é isso: Enlouquecer.

Loucura talvez seja a palavra exata para descrever tudo o que eu sinto em meu dia-a-dia. Sou uma constante mudança. Agora posso estar apenas enxergando a altura que aos poucos subo nessa montanha-russa, mas amanhã… Amanhã posso estar vivendo em um looping. Em um segundo estou bem e minutos depois, estou desmoronando, estou caindo, estou enlouquecendo.

Enlouquecer.

Tão fácil falar da vida. É tão fácil falar de momentos. De instantes. “E se?” “E se?” “E se?” Ah. Mas difícil mesmo é viver. É lutar. É não passar mal em cada giro, em cada manobra, em cada investida. Digo isso porque muitas vezes me pego pensando no futuro, no passado. Nos momentos. E o que me resta é o tempo. O tempo passou. O tempo vai passar. Vou descobrir meu destino apenas quando o futuro chegar. E não existe nada que eu possa fazer sobre isso.

Eu sou feita de momentos. Momentos de felicidade. Momentos de tristeza. Momentos que acho que vou cair e não vou mais conseguir levantar. Mas a cada destino, a cada vitória… Eu consigo perceber que a vida é um fluxo que nunca para.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Fluxo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s