Fases

large (2).jpg

É estranho me ver assim, eu sei. E é de se entender já que você me viu sempre sorrindo. Mas a verdade é que todos nós temos dias ruins, e hoje é um dos meus. Os últimos dias têm sido meus dias ruins. Eu sei que a dias atrás você me viu gargalhando, rindo e cantando. Eu sei que você ouviu eu falando que estava feliz. Eu estava, juro. Naquele momento eu estava. Mas os últimos dias têm sido difíceis, ainda mais pra mim que não sei o motivo certo de tudo isso, ainda mais pra mim que não tinha costume de estar triste: agora minha mente está estranhando essa minha mudança de sorrisos a não sorrisos.

Tenho vivido tudo intensamente mas quando os momentos felizes acabam, parece que a vida perde o sentido novamente. E acabo vivendo até a tristeza de uma forma intensa. E eu sei que não deveria ser assim e que eu deveria seguir feliz e tentar me importar menos com o mundo a minha volta. Mas eu me importo e é isso que têm me deixado preocupada até comigo mesma. As pessoas mudam suas atitudes de maneira tão repentina que fico com medo. Eu tenho medo de perde-las. Eu tenho medo de perder as pessoas que se importam, eu tenho medo das pessoas que se importam nunca terem realmente se importado e a verdade ser que eu sempre estive sozinha.

O mundo é difícil, meu bem. E eu sou fácil demais com todos que se aproximam e isso faz meu coração doer porque acabo pensando que todos que se aproximam realmente querem minha presença, quando na realidade nunca quiseram.

Mas não se assusta. Por favor, não se assusta. Logo mais vou estar sorrindo de novo, vou estar gargalhando de novo, vou estar te abraçando, dançando, cantando, vivendo. Logo mais você vai me ver andando por aí para mostrar pras pessoas que viver vale a pena. Esse foi só um tombo que acabei levando, uma falha. Logo vou me reerguer novamente.

A maior realidade de todas é que nem eu tenho me entendido. E eu só não quero que fujas de perto de mim por não me entender. Fica. Fica mais um pouco. Fica até isso passar. Não precisa ter medo de chegar perto de mim. Não precisa ter medo de se aquecer de amor (ou de dor). Amanhã ou depois, eu que vou estar te abraçando pra dizer que vai ficar tudo bem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s