Roubo

large (4).jpg

Sempre me falaram que eu deveria fazer e sentir todas as coisas com todo meu coração e que a bondade e empatia fariam as pessoas à minha volta derreterem e perceberem que de nada vale a maldade. Mas acontece que o mundo pra mim têm se mostrado muito mais cruel do que eu imaginei que fosse. Sempre me falaram pra abrir minha alma para as pessoas que eu receberia a alma delas em troca, mas acontece também, que as coisas ao meu redor têm sido tão brutas e doloridas que estou vendo que preciso aprender a fechar meu coração e não mais abri-lo. E nada mais difícil pra mim do que tentar fechar a minha alma sabendo que ela sempre esteve aberta para qualquer um entrar e se sentir em casa. As pessoas começaram a bagunçar a minha casa. Eu sinto medo de ser roubada de mim mesma. E nunca pensei que diria isso, mas eu sinto medo do mundo, sinto medo das pessoas, e sinto medo da maldade que elas são capazes de fazer para me cegar. Sempre achei que quem entrasse na minha alma seria uma pessoa boa. Mas acontece que de boas falsas intenções o mundo está cheio.

Eu não sei ao certo como isso aconteceu. Não sei ao certo o porquê.

Mas alguém bagunçou minha alma.

Alguém me roubou de mim mesma.

Alguém me deixou com medo do mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s