Eu sinto pena de você.

large.jpg

Eu sinto pena de você, pessoa que não consegue viver sozinha, que vive de mentiras, que acha que fazendo certas coisas vai se sentir menos incompleto, mas não, só vai se sentir mais sozinho e vazio.

Sinto pena de você, sinto pena por acreditar em momentos que já tiveram fim, e mesmo assim, insiste em acreditar que tudo vai continuar bem, tudo legal, tudo ótimo. Acabou.
Eu sinto pena de você, que acha que deve sentir pena dos outros, que foge dos seus problemas, que engana a si mesmo, que cria sentimentos pra que as pessoas se prendam a você, que se faz de vítima quando não aguenta suportar uma verdade, que acha que não conhece ninguém e ninguém merece sua confiança, mas não, você não conhece nem a si mesmo, e não, não confia nem em si mesmo. E não, ninguém merece confiar em você.

Sinto pena de você, que às vezes sorri para esconder uma lágrima e chora para esconder uma aparente felicidade. Sinto pena por se fazer de forte para o mundo. Por usar uma máscara para esconder seu verdadeiro eu. Desculpa a sinceridade, mas isso é ridículo. Você sempre percebe o quão insensata é essa atitude, mas por pena de si mesmo insiste em agir com tamanha insegurança. Você engana a todos. Você engana a si. Você engana o mundo. Mas a mim você não engana.

Eu sinto pena de você que pensa que as pessoas te amam demais e você as magoa para se achar um fardo, pensa que você que ama, mas não, você não ama nem a si mesmo. Você que precisa de tanto esforço pra conseguir sorrir. Faz os outros sorrirem e depois joga fora. Qual é a graça disso tudo?

Sinto pena por olhar com olhos tão inocentes para as coisas mais inimagináveis do mundo e mesmo assim desacreditar da sua própria vida.

Que inconsequente, que mutável, que imaturo!

Sinto pena de você, por amar sem intensidade por medo de se entregar, por medo de se prender, por medo do que os outros irão dizer. Você só quer tentar ser forte, você quer parecer forte. E infelizmente no momento que você assumir seu verdadeiro eu para o mundo, estará sozinho. Eu sei o quanto você é triste. Não me pergunte como, mas seus olhos, eles nem brilham mais.

Um dia você vai se olhar no espelho e ver que o amor é que faz a vida, e que sua vida é uma mentira.

Sinta pena de si mesmo.

 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

  • Texto escrito em 2010 mas adaptado para o meu sentimento atual.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s