Reciprocidade

large.jpg

Hoje eu acordei querendo algo mais. Acordei querendo uma mudança. Acordei tentando esquecer da monotonia e querendo mudar meus momentos. Hoje eu quis mais que tudo: mudar. Quis mudar meu pensamento. Mudar meu lugar. Mudar meu coração. Quis mudar meu coração para que, de certa forma, eu parasse de me contentar com tão pouco. Eu sei que isso por muitos lados pode ser bom, mas quando me contento com pouco acabo esquecendo os passos muito maiores que eu poderia dar e ando na ponta dos dedos quando passo por algo ou me aventuro em algo novo. O que eu quero mesmo é me jogar.

Me jogar nas escolhas (mesmo sabendo que muitas vezes eu possa quebrar a cara e perder o foco). Me jogar no amor (mesmo sabendo que pode não existir reciprocidade). Me jogar na vida (porque é disso que ela é feita).

Pra tudo isso basta eu esquecer o medo. E basta eu não temer tanto as pessoas. Eu as temo. Eu as temo porque só eu sei o que elas são capazes de fazer. Porque eu sei o quanto me machuquei e ainda vou me machucar. Mas eu sei também que eu não posso deixar de ver a beleza do mundo mesmo quando alguém tenta vendar meus olhos me fazendo quase acreditar que no mundo só existe crueldade.

O mundo é cruel. As pessoas são cruéis. Mas só vai existir crueldade e negatividade em nossa vida se nos permitirmos isso. Não vale a pena colocar algo na cabeça e de um dia pro outro mudar de ideia. O segredo da vida é viver. Eu devo viver. Não apenas respirar. A vida não tem graça se eu acabar passando meus dias fazendo as mesmas coisas, nos mesmos lugares, com as mesmas pessoas.

Eu acredito em reciprocidade. Eu acredito que a vida pode me sorrir se eu sorrir de volta. Eu acredito que quando alguém entra na nossa vida não entra por acaso. Tudo tem um sentido. Até quando alguém entra apenas para me bagunçar e depois vai embora. Posso aprender a arrumar essa bagunça por mais que demore uma eternidade para isso. A vida me sorri. Alguém ainda vai entrar na minha bagunça e me ajudar a organizar ela. E essa pessoa não vai querer sair do meio do meu caos.

Hoje acordei com vontade de mudar o meu mundo. Com vontade de viver. A vida me sorriu. E eu sorri de volta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s